Uma MAV q não me impede de viver!!!

LUCIANA KELE DORINI

AVENIDA IGUACU
MANGUEIRINHA
85540-000
4632431354
ludorini@hotmail.com

Notícias

E se você descobrisse que só tem mais seis meses de vida???  O que faria???   Pediria...
Você acredita que é possível ser feliz seguindo apenas 3 passos? Eu também duvidava, mas hoje...

E quando de repente PAI...

12/08/2017 14:57
De repente a notícia, a surpresa: a mais esperada, ou a menos imaginada... a mais feliz, ou a mais...

Capítulo 13

O mês de março mal tinha começado e eu já tinha vivido dois grandes momentos... e que momentos...  nesses dias eu havia confirmado que o meu coração é muito forte.. que sorte... hahaha

Que sorte porque no próximo final de semana eu tinha mais um compromisso, outro compromisso de alegria intensa, de emoção total, outro compromisso de amor...

Nossa, como foi maravilhoso ver o meu sobrinho formando-se... e agora eu estava me preparando para ver uma turma inteira de formandos que faziam parte da minha vida, uma turma inteirinha de acadêmicos lutadores e cheios de vontade de vender... uma turma inteira de alunos...

Pois é, eles foram meus alunos no quinto período, período esse que precisei terminar antes da hora pois fiz uma cirurgia... 

Mais tarde encontrei-me com alguns deles como orientadora de seus estágios, mas com a grande maioria eu não tive mais contato, só os via, brevemente, nos corredores ou no facebook... por isso sou apaixonada pelo facebook... haha

Mesmo assim, fui convidada para um almoço dos formandos, e isso me deixou muito feliz, pensei: “nossa, eles ainda lembram de mim”... e me senti lisonjeada, tanto que desmarquei uma viagem para poder estar com eles naquele dia... e que dia... 

Além de lembrarem de mim, lembraram dessa profe babona de uma forma muito especial e nos comunicaram que nós seríamos as professoras homenageadas do curso: Vanessa, Solange,  Andreia e eu... e quando eu digo que as mulheres estão tomando conta do mundo ninguém acredita... hahahha

Bem, comecei a lembrar do dia do convite porque é inevitável pensar na formatura sem pensar nesse dia tão lindo e especial...

Enfim que aquela semana foi toda focada na formatura que se daria na sexta e no sábado.. dias 18 e 19 de março...

Não sei se foi por conta da correria, da emoção, ou da ansiedade, só sei  que na quarta-feira estava com a boca coberta de aftas... e as aftas me adoram, quando chegam não querem mais sair... 

Passei alguns dias malzinha, até que chegou a tão esperada sexta-feira, e eu estava até com febre... :(

Mas o que são algumas aftas e uma febrezinha diante da grandiosidade daquele momento?!? Se você pensou que não são nada, acertou em cheio... pensamos a mesma coisa.. :)

Fiz tudo como eu havia planejado, fiz um make perfeito, um penteado lindo, e fui para Pato Branco, ou melhor, fomos, porque minha mãe foi comigo... 

Na casa da minha tia/madrinha terminei de me arrumar e fui para a FADEP, juntamente com a paraninfa da turma, olha só que chique...:)

Já no anfiteatro e com acadêmicos lindos por todos os lados, meu coração já queria sair pela boca...  e quando convidaram os professores para entrar no salão, eu lembrei de tudo o que havia acontecido há tantos anos atrás, ainda lá na Faculdade de Palmas, quando entrei pela primeira vez naquele salão como professora... o orgulho é tanto que a sensação torna-se indescritível...

Bem, a colação de grau transcorreu dentro da normalidade, ou melhor, dentro da normalidade para colações de grau é claro... com muitas surpresas e cheia de fortes sentimentos...

Eu chorei do início ao fim... chorei porque cada aluno chamado era um vitorioso, e tinha naquele salão familiares vitoriosos que emocionavam-se com aquela conquista também... Chorei porque lembrava de cada história... Chorei porque sou profe coruja mesmo... 

Gente, sorte que a maquiagem era muito boa, porque senão, nem sei.. hahahaha

Nem sei mesmo, pois até a hora da homenagem aos pais eu estava num choro até que contido, mas quando a acadêmica começou sua fala, e teve sua voz embargada pela emoção, eu não contive mais... não me contive por todos os pais que estavam no recinto, por todos os pais que já não estavam mais entre nós, e mais ainda pelos meus pais, e pelos pais dela que eu conheço tão bem e que, a exemplo de todas aquelas famílias, são pessoas batalhadoras e que dariam a própria vida pelos filhos e pelos netos.. 

Terminada a colação, depois de todos os diplomas entregues, de todos os abraços fortes e tão valiosos, depois das fotos para posteridade, os formados e seus familiares foram comemorar, e nós colaboradores da instituição fomos convidados para um coquetel... 

Ai, ai, ai, ai, aiiiiiiii... 

Aí sim eu fui lembrar que tinha aftas gigantes, não que elas não estivessem doendo antes, mas é que agora eu lembrei que por conta delas não poderia comer nada... mesmo assim não me privei do brinde e nem de uma taça de champagne... afinal o momento pedia... haha

Voltando à casa dos meus tios, estavam me esperando com um churrasquinho pronto... :(

Que vontade de chorar, eu estava morrendo de fome, aquela carne estava super macia como frisou o meu tio, mas eu tive que comer macarrão instantâneo, porque era a única coisa que conseguia...

Mas tudo bem, tudo bem, tudo bem... sem comer demais, ficaria  melhor no vestido do baile... hahahahaha

O sábado foi de correria total e eu não via a hora de chegar à noite para irmos para a festa da formatura...

Mais uma vez precisava me arrumar, porque vocês sabem, mulher tem essa possibilidade de se transformar em dias de princesa,  então fiz cabelo, fiz um make maravilhoso,  e depois do vestido colocado estava me sentindo uma diva... uma diva um tanto quanto apagada porque aquelas aftas estavam acabando comigo... havia passado mais um dia a base de líquidos... mas não era isso que acabaria com o brilho daquela noite...

Sou uma pessoa muito ansiosa,  e em dias tão especiais fico mais ansiosa ainda.. quero que tudo aconteça muito, rapidamente, só que nesses eventos tudo demora muito.. então não estava conseguindo aproveitar tudo como eu queria, mas estava aproveitando como eu podia... que já é alguma coisa..  hahaha

Passamos horas conversando (conversando pouco, porque até  pra falar sentia muita dor); passeamos pelos salão com as profes Sol e Vanessa; tiramos várias fotos...  até que a festa começou...

O jantar parecia estar maravilhoso, a cara estava ótima, e eu consegui comer um pedacinho de salmão, e ainda com muito cuidado...  Imagino que todos acharam que eu estava de dieta... hahahaha

E a festa continuou com a entrada triunfal dos formados... que coisa mais linda... cada um com sua música, com seu brilho, sua coreografia, com os convidados vibrando, e nós sentindo como se fosse a nossa formatura.. :) 

E depois que tudo já havia sido lindo demais, eis que o mestre de cerimônia chama as quatro professoras para receberem uma homenagem dos alunos...  A gente tinha feito uma singela homenagem pra eles, e eles prepararam muito mais pra nós... :)

A profe Andréia, paraninfa da turma, havia me falado que achava que eles fariam uma homenagem individual para cada profe... eu achei diferente, mas fiquei feliz porque em todas as vezes que eu havia participado de formaturas, os únicos lembrados na festa eram o paraninfo e o patrono...  que não era o meu caso.. :)

E quando chegamos lá na frente, a acadêmica responsável disse: “Professora Luciana; Profe Lu, é pra você”... affffffff... aí o coração acelerou, tive literalmente aquela sensação, de quando o coração quer sair pela boca,  e não sei o que aconteceu comigo, que as lágrimas não desceram... e eu fiquei ali, paralisada,  enquanto ela falava palavras tão lindas que me emocionam até agora...

Recebemos flores e placas... e fiquei esperando a homenagem das outras profes, mas a homenagem era pra mim, a profe Andréia só havia falado aquilo para me preparar...que bom.. porque  haja coração pra tanta emoção...Eles não fazem ideia do tamanho do presente que recebi naquela noite... do tamanho do presente que eles me deram naquela noite... :)

Ah, e as aftas... as aftas continuavam ali, mas acho que aquela emoção as havia neutralizado de tal forma que eu não lembrava mais delas... hahaha

Depois das fotos, dos abraços a música começou...  e aí dançamos muito até os pés gritarem por socorro...

Mais uma vez superei as dores... superei a ansiedade... e vivi um momento mágico.. mágico..  mágico...  que guardarei para sempre em meu coração...

Aiiiii... o melhor mês de março da minha vida...