Uma MAV q não me impede de viver!!!

LUCIANA KELE DORINI

AVENIDA IGUACU
MANGUEIRINHA
85540-000
4632431354
ludorini@hotmail.com

Notícias

A caminhada no parque está deliciosa, mas o sol quente está acabando com suas forças, eis então que...
Não sou Barbie, mas sou Linda!!!     Você é feliz com sua...
Dor, amargura, injustiça, solidão... Angústia, medo, sofrimento... Ninguém passa pela vida sem...

Admire as folhas, mas não esqueça da raiz

15/01/2020 12:44

A caminhada no parque está deliciosa, mas o sol quente está acabando com suas forças, eis então que surge aquela esplendorosa sombra... você corre, deita-se sob ela, descansa, relaxadamente... e é pura gratidão!

Então você olha para cima, admira cada uma daquelas grandes e verdes folhas que lhes deram tão grande presente, e agradece!

Como é maravilhosa essa sombra, como são maravilhosas essas folhas, mas aí você lembra que folhas não plainam no espaço, se elas ali estão é porque têm uma sustentação... hum, e ali está o forte tronco e os seus galhos, queridos galhos estáticos sobre a sua cabeça, segurando cada uma das folhinhas que lhes afagam com tão generoso frescor, e é grato ao tronco e aos galhos também!

 

Pronto agora sim...

Não, agora não...

Porque você ainda está esquecendo de algo...

 

Agradeceu à sombra, às folhas, ao tronco, e aos galhos, e por acaso tronco sozinho para em pé?

Para termos uma bela sombra sob a qual nos recostar, é preciso antes de tudo uma raiz profunda capaz de sustentar, nem só o tronco, nem só os galhos, nem só as folhas, mas que seja capaz de sustentar toda a árvore...

 

Mas se conhecemos sua importância, se sabemos que ela é imprescindível, por que você a esqueceu?

Por que nós, a esquecemos?

 

Só porque elas vivem escondidas dos nossos olhos?

 

Engraçado, todos estão cansados de saber que o principal de uma árvore é a raiz, mas a ela só destinamos nossa última lembrança, tal como nossa saúde mental, a mais relevante e a mais esquecida.

 

As plantas ficam mais verdes quando são acarinhadas pela água da chuva em suas folhas, porém para permanecerem vivas e crescerem saudáveis, precisam ser nutridas, pela terra e pela água que chegam à sua raiz... nós não somos diferentes das plantas, nosso corpo fica mais forte através dos nutrientes que ingerimos na alimentação, mas só crescemos e permanecemos vivos quando regamos também a nossa mente, que é a nossa sustentação.

 

Quando estamos em meio à nossa caminhada da vida, por muitas vezes o sol escaldante do stress do trabalho, o sol escaldante das constantes mudanças, o sol escaldante das altas cobranças acaba com as nossas forças, e tudo o que precisamos é uma sombra que nos acolha, uma sombra que nos dê paz.

 

Um momento para meditar; um momento para se exercitar; um momento para se divertir; um momento para sorrir; um momento para descansar; um momento para desfrutar do convívio da família; um momento para o ócio; um momento para desligar.

 

Nossa mente, mesmo escondidinha, precisa de cuidados, precisa dessa sombra para recarregar as energias e continuar pela sua estrada.

 

Ansiedade, depressão, síndrome do pânico, transtorno bipolar, anorexia, bulimia, entre tantas outras.

 

Muitos de nós estamos doentes, e assim como tratamos a hipertensão, diabetes, câncer, contusões musculares, resfriados, e todas as demais doenças do corpo, precisamos também tratar as doenças da mente.

 

Conforme o Portal Estilo de Vida Saudável, foi pensando no grande aumento de doenças mentais registrados nos últimos anos, que em 2014, psicólogos de Uberlândia – Minas Gerais, criaram o Janeiro Branco, uma campanha que objetiva a Conscientização da Promoção e Proteção da Saúde Mental.

 

Não sinta vergonha de dizer que sofre de depressão; não sinta medo de dizer que têm síndrome do pânico, não esconda sua ansiedade...

 

Elas são doenças como qualquer outra, e como qualquer outro problema, precisamos encará-las de frente, para sairmos vitoriosos.  

 

Por isso, se você acha que sua mente não está 100% saudável, ou se alguém lhe disse que você não está muito bem, procure auxílio, procure o CAPS (Centro de Atenção Psicossocial) da sua cidade, procure um médico ou um psicólogo, procure profissionais, porque eles saberão como o ajudar.

 

Não sofra sozinho, conte a sua dor...

 

A campanha Janeiro Branco está em andamento em todo Brasil...

Se você precisa de ajuda, busque-a! Se você não precisa, busque ajudar alguém.

 

Eu apoio essa causa, e você?