Uma MAV q não me impede de viver!!!

LUCIANA KELE DORINI

AVENIDA IGUACU
MANGUEIRINHA
85540-000
4632431354
ludorini@hotmail.com

Notícias

Fechando com chave de ouro

08/11/2018 19:07
Aos 17 anos escolhi ser contadora, mesmo querendo ser professora... Aos 23 anos escolhi ser...
Incerteza, medo, insegurança... Temperos diários de uma vida cheia de emergências e alertas...

Super Sinceros

03/10/2018 07:05
Crianças são mais que sinceras, elas falam o que pensam e pronto... Nascemos sem saber o que é...

Agora eu também vou me amar...

01/07/2016 16:35

Aos poucos a gente aprende que para amar basta ser amado....

Aos poucos a gente aprende que para falar de amor basta sentir...

Aos poucos a gente aprende que para amar e ser amado é preciso se amar também...

E foi pra falar de como é a vida para quem se ama que estive na Escola Estadual Kokoj Ty Han Ja na Reserva Indígena de Mangueirinha na manhã do dia 01/07... posso dizer que começamos o mês com o pé direito... :) 

Eu esperava uns 30 ou 40 alunos, mas quando eles começaram a entrar na sala, a sala começou a ficar pequena... eram jovens acima de 12 anos,  estudantes do ensino fundamental e médio... a maioria das professoras e a minha mãe (minha fiel escudeira) assistiram de camarote, do lado de fora da sala.. hahaha

Mesmo sentindo um pouco de tensão... mesmo estando um pouco apreensiva, sentimentos comuns em todos os momentos importantes da minha vida... Quando comecei a falar, tudo isso desapareceu... :) 

Porque  é muito  bom falar daquilo que você conhece e acredita... porque é gostoso demais  expressar os seus sentimentos mais puros... porque  é muito divertido  compartilhar histórias... porque é maravilhoso compartilhar vitórias...

Como é bom demonstrar e comprovar que a vida pra quem se ama é muito mais fácil... muito mais leve, muito mais colorida...

Mas melhor que poder falar sobre a  vida, foi poder encontrar olhares atentos... sorrisos sinceros... e aquele brilho que só nasce em nós quando estamos felizes...

Fizemos algumas fotos... eu ganhei presente,  um presente artesanal, feito lá mesmo na escola e que remonta à cultura indígena... eu ganhei abraços... eu ganhei energia para continuar minha caminhada...

E maior que tudo isso... que os sorrisos, que os olhares, que os abraços, que as fotos, que os presentes... eu ganhei a certeza que a sementinha que eu estou plantando está sendo germinada, e tive esta certeza por uma simples frase:   “Agora eu vou me amar também”... 

É emocionante ver brotar o amor e a alegria...
É fascinante sentir crescer a esperança de viver pleno e feliz... 
 
E o que restou, além de muitas lembranças é claro, foi aquele gostinho de quero mais... 
E o meu desejo que a vida seja cada dia mais surpreendete, e que vocês possam a cada dia surpreender a vida... :) 
 
Obrigada à escola pelo convite...
Obrigada aos professores, funcionários, direção e, principalmente, obrigada aos alunos por me acolherem com respeito e carinho... ;) 
 
Já sinto saudades!!!
 
 
 
E o meu desejo a todos é que a vida seja cada dia mais surpreendete, e que vocês possam a cada dia surpreender a vida... :)