Uma MAV q não me impede de viver!!!

LUCIANA KELE DORINI

AVENIDA IGUACU
MANGUEIRINHA
85540-000
4632431354
ludorini@hotmail.com

Notícias

O clima de romance surgiu... O amor está no ar… Que lindoooooo… Mais um dia dos namorados chegou…...
Dia 18 de maio, Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e...
Pense num domingo de sol, céu azul e uma linda bebê, de mais ou menos um ano e meio, com um pequeno...

Aquelas perguntas...

18/05/2015 14:06

E quando você menos espera, surge uma daquelas perguntas abomináveis... e por um instante você pensa: "conto até 10 ou respondo como deveria???

Apesar da maioria das pessoas não questionar com maldade,  99,9% das perguntas sempre me deixou, no mínimo, muito constrangida... às vezes não pelas palavras mas pela forma de falar... 

Perguntar o que você tem, de forma discreta e com empatia é uma coisa... agora fazer um escândalo para saber o porquê tenho uma diferença do rosto é outra, totalmente, diferente... 

No meu caso, sou mais abordada por crianças ou idosos... as crianças por curiosidade, os idosos querendo de alguma forma ajudar... às vezes a inocência das crianças é um tanto cruel... às vezes os idosos tentando ajudar também machucam muito, mas muito mesmo... Nesses dois casos o coração sofre, mas entende as perguntas... 

Agora há casos que machucam e que não têm explicação... Certa vez uma pergunta me marcou demais e me marcou pra sempre:

Estava iniciando uma entrevista pós classificação em um teste seletivo para docente numa instituição de ensino superior, quando uma pessoa da banca me disse em alto, muito alto e bom som: "Meu Deus, o que você fez aí???"... Aff, eu queria um buraco para me esconder... Por se tratar de uma pessoa adulta, culta e designada para avaliação de professores, eu jamais poderia imaginar um questionamento assim, e acho que por isso nunca mais vou esquecer... se não estou enganada, essa também foi a primeira vez que minha resposta não foi delicada... não consegui me segurar, mas não me orgulho disso, ao contrário, me envergonho...  

Têm situações que mexem muito com a gente... essa mexeu bem forte... tocou lá no fundo... porém, creio que apesar de tudo só serviu para aumentar a minha motivação... Fui aprovada e assumi as aulas... haha

Pra compensar a rispidez desse fato, há pouco tempo uma pequena menina de 3 aninhos perguntou pra sua mãe o que eu tinha... eu ouvi e respondi que a tia tinha um dodói... ela então perguntou se podia colocar a mão... 

Olha só a diferença...  eu me aproximei e ela colocou a mãozinha no meu rosto e pronto, acabou a curiosidade sem nenhuma ofensa e ainda com um gesto de carinho... 

Eu sei que tudo que não é comum causa curiosidade ou até espanto, mas é bom lembrar que atrás desta anomalia está um ser humano cheio de sentimentos e muitas vezes sofrendo... 

Por isso ao não saber o que falar melhor calar... 

E se quiser ajudar, sorria... :)