Uma MAV q não me impede de viver!!!

LUCIANA KELE DORINI

AVENIDA IGUACU
MANGUEIRINHA
85540-000
4632431354
ludorini@hotmail.com

Notícias

Fechando com chave de ouro

08/11/2018 19:07
Aos 17 anos escolhi ser contadora, mesmo querendo ser professora... Aos 23 anos escolhi ser...
Incerteza, medo, insegurança... Temperos diários de uma vida cheia de emergências e alertas...

Super Sinceros

03/10/2018 07:05
Crianças são mais que sinceras, elas falam o que pensam e pronto... Nascemos sem saber o que é...

É preciso saber viver...

18/07/2016 16:32

É preciso saber viver foi tema da minha última palestra... e que palestra...:)

Convidada pela Lareira (um grupo de casais católicos) da minha cidade eu fiz uma palestra no último sábado... 

Ao entrar no local, e ao falarem da Palestra, o frei que estava presente chegou ao meu lado e disse: "Luciana, eu não sabia que você era palestrante"... e eu respondi: "Eu também não, Frei"... hahaha

E foi nesse clima gostoso de amizade e descontração que comecei a falar...

Falamos sobre agradecimentos... família... amigos... saúde... trabalho... férias... desafios... fé... perseverança... 

Brincamos com fatos da vida... Nos emocionamos com alguns pontos... Rimos com outros...

Gente, em poucos momentos da vida eu me senti tão feliz... :)

E lembrei do Professor Clóvis de Barros quando define felicidade como: "estar em um momento que você não quer que acabe"... 

Foi exatamente assim que eu me senti do início ao final da palestra... mesmo com a garganta doendo, com a voz falhando um pouquinho, eu queria que aqueles instantes durassem horas e horas... porque ali eu estava FELIZ de verdade... 

E como é engraçada essa tal "felicidade"... nós comentamos sobre ela também... mas mesmo eu citando o quanto é importante saber aproveitar cada momento... o quanto é necessário entender que a felicidade não está no extraordinário e sim na simplicidade... mesmo assim, mesmo falando muito sobre ela... senti-la é muito diferente... 

Eu estava entre adultos... homens e mulheres... mamães, papais, vovôs, vovós... mas mesmo estando entre adultos por várias vezes consegui ver o mesmo brilho no olhar que vejo nos adolescentes... E isso me encantou, encantou muito...

Ao final fui surpreendida por uma salva de palmas emocionante, por abraços, por presente, por palavras carinhosas... :)

E curtidas todas as sensações daquele momento mágico, eu imaginei que a noite já estava encerrada... porém alguns minutos depois de chegar em casa, ouvimos (meus pais e eu) uma música lá fora... e quando abrimos a porta que grata surpresa... 

Eu estava recebendo uma serenata dos meus amigos lareiristas... se existem momentos que jamais sairão das nossas lembranças, certamente, este será um deles... ouvi-los tocar, cantar... vê-los acenando com seus balões... aiiiii... fico emocionada só em lembrar... Foi incrível... inusitado... inesperado e inesquecível...

Simplesmente, amei... :)

Muito obrigada pelo convite... muito obrigada por todo carinho.. e contem sempre comigo... 

Shalom!!!