Uma MAV q não me impede de viver!!!

LUCIANA KELE DORINI

AVENIDA IGUACU
MANGUEIRINHA
85540-000
4632431354
ludorini@hotmail.com

Notícias

Se não houvesse Natal

10/12/2018 20:15
    Primavera, verão, outono, inverno e primavera de novo, e o ano passaria sem que...

Fechando com chave de ouro

08/11/2018 19:07
Aos 17 anos escolhi ser contadora, mesmo querendo ser professora... Aos 23 anos escolhi ser...
Incerteza, medo, insegurança... Temperos diários de uma vida cheia de emergências e alertas...

Entre quedas e tropeços, caí em outro mundo!

24/10/2018 12:53

Incerteza, medo, insegurança...

Temperos diários de uma vida cheia de emergências e alertas vermelhos.

39 anos... 19 cirurgias... Dezenas de hemorragias...

Fotofobia... Ansiedade... Enxaqueca...

Incontáveis noites sem dormir... Mal estar frequente...

Milhares de dúvidas!

Otimismo, força de vontade, amor pela vida...

Temperos diários de uma vida repleta de realizações.

39 anos de batalhas vencidas...

Olhares atentos... Coração forte... Imaginação fértil. 

Imensuráveis alegrias.... Renascimento constante...

Milhares e milhares de sorrisos!

Duas vidas? Não, uma só vida, talvez um tanto contraditória, mas a minha vida...

Um verdadeiro turbilhão de emoções sem explicações.

Mas e como viver sem compreender os altos e baixos da sua própria existência???

Eu preciso de explicações, eu preciso entender meu corpo, entender minha mente... e eu preciso entender o que eu sinto conscientemente, e os seus reflexos inconscientes. Eu necessito esclarecer o que me cerca.

E de repente, eu começo ouvir coisas que elucidam, como:

  • “O que você é??? Você é as suas escolhas!”
  • “A merda vira o que???” Vira adubo, e adubo fortalece, fortifica, faz florescer.”
  • “Não é complicado não, é fácil e divertido!”
  • “Então o que viemos fazer aqui???”
  • “A diferença está na percepção!”
  •  “A mente é como um iceberg, 5% consciente e 95% inconsciente.”
  • “A doença é um grito da alma que chama para a vida!”
  • “ Você pode ter tudo o que você quiser nessa vida, contanto que antes você ajude outras pessoas a terem tudo que elas quiserem.”
  • “Cura é sentir-se do jeito que você quer.”

 

Eu fui convidada a palestrar no Leis Biológicas – Experience 2018, um congresso voltado a profissionais da área da saúde sedentos por ajudar o próximo.

Fiquei felicíssima com o convite, e apreensiva pela responsabilidade. Fiz a minha explanação e continuei até o final do evento, e entre quedas e tropeços eu caí em outro mundo, em um mundo repleto de informações, em um mundo de explicações.

E nesse mundo eu me encontrei.

Tenho medos, sinto insegurança e isso é, totalmente, compreensível diante do meu histórico clínico, mas se eu sou as minhas escolhas, eu escolhi viver sorrindo.

E o pensamento de que a doença é um grito da alma que chama para a vida, corroborou com o meu sentimento de que o hemangioma me fez uma pessoa melhor e mais feliz.

5% consciente, 95% não... Quando olhamos para fora, só vemos a pontinha do iceberg, e também só vemos a pontinha do nosso eu... Quando olhamos para dentro, temos toda a extensão do nosso ser.

E agora eu entendo, porque a cada merda que eu passei, eu acabei florindo mais. É claro, porque a diferença está na percepção, há quem queira ficar afundado nos problemas, há quem veja nos problemas a oportunidade de se realizar.

Então, o que viemos mesmo fazer aqui???

Eu vim para aprender com os meus tropeços, para me fortalecer em cada queda, para evoluir com os olhares, para superar obstáculos...

E já que você pode ter tudo o que você quiser, contanto que antes você ajude os outros a terem o que eles quiserem, eu vim também para ajudar... para distribuir alegrias, para distribuir amor.

Eu vim para renascer a cada dia... para me desconstruir e me reconstruir... eu vim para fazer despertar...

Mas fazer despertar é muito complicado. Não é complicado não, na vida tudo é fácil e divertido, quando queremos que seja. 

Quantas lições, uma leiga total, adquiriu nessas quase 20 horas de aprendizagem.

E eu que achei que me sentiria como um peixinho fora d’água, me senti mergulhada num oceano de boas novas.

Não esqueci meus medos, nem apaguei minhas dores, mas entendi o porquê mesmo com uma MAV gigante na face, eu sempre me senti saudável, eu sempre me senti feliz, porque se cura é sentir-se do jeito que você quer, eu acredito que já nasci curada.

Minha palestra foi surpresa, porém, a mais surpreendia fui eu, e não só pelo conhecimento disseminado, como também pelo carinho compartilhado, pelos risos, pelas lágrimas, pela emoção.

Tudo me encantou. Fiquei maravilhada.

#gratidão